Arquivo da tag: São Paulo

Demolição do Minhocão é apenas esperança

Mapa mostra traçado da nova 'via parque'

Kassab ainda não deixou nenhum legado em sua passagem pela Prefeitura de São Paulo. Nesta semana sinalizou com a possibilidade de readequar alguns eixos da cidade com as Operações Urbanas Lapa-Brás, Mooca-Vila Carioca e Rio Verde-Jacu. O mais significativa desse anúncio é a ‘esperança’ de que um dia o Minhocão seja demolido e uma ‘via parque’ seja erguida sobre o atual leito da CPTM entre Barra Funda e Brás.

Por enquanto, apenas divulgaram os “Termos de Referência para consulta pública”. A ideia é concreticar diretrizes do Plano Diretor em parte da “orla ferroviária que se encontra subutilizada entre os bairros Lapa e Brás, Mooca e Vila Carioca”. Após um mês de consulta pública, os próximos passos são a proposta do edital, a licitação e o desenvolvimento dos projetos. Segundo a prefeitura, a expectativa é de que os projetos estejam concluídos no segundo semestre de 2011 para depois servirem para elaboração das propostas de lei para essas operações urbanas a serem encaminhadas ao Legislativo.

O principal é a ideia de criar um sistema subterrâneo para a ferrovia, desde a Lapa até o Brás – numa extensão aproximada de 12 Km. “Na superfície, a proposta prevê uma via de porte estrutural, mas com características urbanísticas diferenciadas – de uso lindeiro intenso, com parques e ciclovias – promoverá melhorias na acessibilidade e permitirá que os eixos transversais de ambos os lados, hoje interrompidos pela presença dos trilhos, possam se conectar. A implantação dessa via criará condições para a demolição do Elevado Costa e Silva e a revitalização de seu entorno.”

Propostas que se acumulam
Os jornais mostraram várias propostas municipais bastante parecidas que nunca chegaram a sair do papel. Essas operações podem ser mais um delas. Para ficar em exemplo de coisas que nunca saíram do papel, cito a demolição do São Vito e a derrubada do Viaduto Grande São Paulo.

Mas, antes de me render ao desânimo vou pensar que essas sucessivas reflexões sobre a demolição do Minhocão possa resultar em uma espécie de ‘massa crítica’. Ou, como disse para um vizinho, sirva de critério a ser considerado para escolher o próximo prefeito e vereadores. Quero ver esse monstrengo no chão, como bandeira de uma cidade feita para pessoas, não para carros.

PS: Os jornais dizem que Kassab está buscando factóides para aparecer bem na fita. É bom ele cuidar bem desses fatos inventados porque a cobrança da sociedade está aumentando. Olho nas urnas, Kassab!

Anúncios

Sujam até na hora de limpar

Faz muito tempo vários dos meus dias começam com essa visão tenebrosa. Os garis, na hora de limpar, sujam toda a rua. Depois, reclamamos de enchentes e tudo mais. Vou fazer uma boa reclamação para a ouvidoria da Prefeitura de São Paulo e também para o síndico do meu prédio. Será que de alguma forma podemos ajudar quem recolhe o lixo? Já estamos ilegais quando colocamos esses cestos de ferro sobre a calçada. E além disso, a coleta seletiva não fazemos. Só fiasco, triste.

SP terá corrida informal de bicicletas – Alleycat

Depois de Curitiba ter realizado sua primeira Alleycat, chegou a vez dos ciclistas – em sua maioria adeptos das rodas fixas – realizarem a primeira corrida informal de bicicletas dentro do trânsito paulistano. Será nesta sexta, às 21h. As tais Alleycat começaram como tipo de competição entre ciclistas mensageiros (ver no Wikipidia http://en.wikipedia.org/wiki/Alleycat_races) e hoje foram apadrinhadas também por ciclistas urbanos, sobretudo entre o universo um tanto underground dos fixados. Para saber mais sobre os fixados, ler em Fixa Sampa http://fixasampa.wordpress.com/sobr/.

Uma bela fixa é um dos meus sonhos de consumo, mas esse é motivo de outro post. No fundo, estava refletindo se gostou ou não das Alleycats… Minha tendência é achar super divertido, desafiador e eu gostaria até de alinhar na largada. Mas, tenho amor aos meus dentes. E também tenho muito receio do que um acidente em uma prova informal como essa pode causar na imagem do movimento. Sei lá, bom nem ficar pensando muito nisso. Afinal, tão ou mais perigoso que uma corrida dessas é andar no meio do trânsito.

Mas, por enquanto, nem penso em pautar uma cobertura jornalística sobre a iniciativa. Com certeza, a análise imparcial do fato obrigaria reflexões pouco favoráveis aos competidores. Sorte para eles e vida longa ao ciclismo, na modalidade ou na loucura que cada um quiser.

Aprendendo a fazer churrasco coreano

Na sexta-feira à noite fomos parar na Rua da Glória para jantar com um grupo de amigos. As imagens mostram como fazer um churrasco coreano. Comida saborosa, com modo de preparo curioso: eles usam um braseiro colocado ao centro das mesas. Alguns itens são bastante picantes, mas ao menos os que escolhemos estavam bastante adequados.

Até pensamos em pedir uma carne de cachorro, mas lembrei que nem mesmo na Coréia (leia aqui no G1) estão se aventurando nessa iguaria.

O restaurante Portal da Coréia fica na Rua da Glória, 729, Liberdade. Eu e minha mulher, que dividimos um prato e não tomamos cerveja gastamos só R$ 58. No geral, os preços são justos e a proprietária da casa disposta a ensinar os truques essenciais para aproveitar as misturas como fazem os nativos.