Putas Assassinas, Bolaño

Li faz mais de um mês e nada postei aqui.  Vamos agitar o Papel Eletrônico, meu diário de leituras. Putas Assassinas,  um livro de contos, é bom começo para quem quer se aproximar de  Roberto Bolaño e ficou com receio de se aventurar nas centenas de páginas de 2666 ou Detetives Selvagens. Está tudo ali, inclusive os primeiros traços de histórias que foram desenvolvidas nos romances, seu estilo e sua temática. Tenho gostado, tanto que comprei os Detetives e outros dois de Bolaño. Estão na fila e creio que o autor, embora incensado pelo marketing livreiro, tenha todos os requisitos para agradar quem gosta de um (ou vários) bons livros. De toda forma, ainda estou a refletir, voltaremos a falar sobre Bolaño aqui, tanto que não fiz minha resenha/comentário de 2666.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s