Alckmin desligou o telefone na minha cara

ou REVOLTA DO TELEMARKETING

Decepcionado. Atendo o telefone, mal digo alô e o candidato a prefeito Geraldo Alckmin começa a falar de suas propostas para o Centro de São Paulo. Moro na esquina da Santa Cecília com a Barra Funda, o assunto prometido me fez manter o fone em punho. Mas ele desistiu. Não tinha terminado de completar uma frase sobre o investimento na Guarda Civil Metropolitana e desligou o telefone na minha cara. Acho que a gravação está traumatizada. Resolveu calar antes que o eleitor fizesse isso por ele.

PS: Quase me esqueci. O caso desta terça me lembrou uma ligação que eu recebi no sábado. A atendente de telemarketing do Santander desceu do salto após eu ter dito que não concordava com esse tipo de marketing, que tinha sido atrapalhado em uma atividade importante para atender uma ligação que para mim não tinha o menor interesse.

Bastou eu dizer que estava feliz com as informações e ofertas que o gerente da minha conta passava regularmente para ela se descontrolar. Disse que lamentava ter que falar com clientes como eu – que recebem as ligações e não aceitam o serviço -, que o gerente da minha conta ganhava 10 vezes mais do que ela de comissão ao vender um pacote qualquer, que os clientes não tinha educação… E assim por diante. Dei risada, pedi desculpa e desliguei o telefone. Afinal, quem tinha que estar revoltado era eu, não ela.

Mas dura pouco: a assembléia de São Paulo já encaminhou para o governo a sanção de um projeto de lei que vai permitir que o telefone seja retirado dos computadores dessas empresas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s