Formula Truck volta a detonar (em) Interlagos

A Prefeitura de São Paulo anunciou severas restrições ao tráfego de caminhões em São Paulo, desde o rodízio até a total proibição em uma área de 100 km quadrados no centro. Entretanto, Gilberto Kassab autorizou o retorno dos caminhões para um local de onde eles já tinham sido banidos.

Como se aliviasse uma válvula da pressão, autorizou o retorno da Fórmula Truck ao Áutódromo de Interlagos. A empresa responsável pela reforma recomendou expressamente que os trucks fossem proibidos para maior duração do novo piso. As obras levaram 5 meses, custaram R$ 6 milhões e foram pagas com dinheiro dos contribuintes.

Resta uma resposta a ser dada pela administração do autódromo e pelo prefeito: se a prioridade para o autódromo é a manutenção da F-1, resta saber qual o motivo que faz a administração municipal deixar que veículos com seis vezes o peso permitido acelerem sob o asfalto que os contribuintes pagaram para reformar.

Resta saber quanto os organizadores da categoria vão pagar pelo aluguel do espaço. Resta saber se hovue pressão da TV Bandeirantes. Talvez, quem sabe, as luvas oferecidas sejam suficientes para bancar uma nova reforma e mais cinco meses de portões fechados para os trabalhos.

Na época da reabertura da pista, o administrador do autódromo não sabia o que fazer com os caminhões: “Ainda estamos pensando. A Truck é um espetáculo bonito, mas também temos que ter consciência de todo o esforço feito para deixar o asfalto assim”, disse, à epoca, Chico Rosa. Aqueles que vivem de queimar óleo diesel defendem a categoria e dizem que ela banca reformas em vários autódromos, mas esqueceram de colocar dinheiro em Interlagos.

Pelo jeito, mercado e administradores se definiram. Kassab inclusive deu o nome do fundador da Fórmula Truck, morto há quatro meses, a um viaduto do complexo viário Jacú-Pêssego. Os carreteiros comemoram. Os contribuintes preparam o bolso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s