Teólogo diz que existe uma “religião do mercado”

O teólogo Paul F. Knitter, professor emérito de teologia da Xavier University, em Ohio (EUA), escreve no prólogo do livro “Teologia pluralista libertadora intercontinental” que os dilemas da nossa sociedade global não são oriundos de um “choque de civilizações”, conforme diz Samuel Huntington, mas de um choque entre religiões. Para Knitter, o confronto ocorre entre as chamadas religiões mundiais (judaísmo, cristianismo, islamismo, budismo, hinduísmo, taoísmo e etc) e a “nova religião do mercado”.

Por religião do mercado ele entende a “fé na salvação que o fiel encontra consumindo nos templos do consumo”. Ele confronta características éticas do economicismo com as das religiões tradicionais e aponta nelas as razões para a disparidade da riqueza em nosso mundo globalizado. Em resumo, as religões mundiais têm como pilar ético que o “interesse [do crente] por si mesmo equivale ao interesse pelo outro”. Já na religião do mercado, acredita-se que a busca pelo seu próprio interesse é capaz de promover o bem estar do outro.

O professor diz que a obra, que busca pensar a teologia da libertação e o diálogo inter-religioso, deve servir como discusão sobre a importância da união das religiões frente ao desafio imposto pelas novas formas de organização social. “Os líderes e professores religiosos devem fazer ver claramente que no momento atual, e dada a forma como a religião do mercado entende a si mesma, não é possível para um indivíduo ser ‘membro’ da religião do mercado e, ao mesmo tempo, seguidor de Maomé, Jesus, Buda ou Abraão. Aqui não cabe uma dupla pertença”.

Serviço:Título: Teologia pluralista libertadora intercontinental
Organizadores: José M. Vigil, Luiza E. Tomita e Marcelo Barros
Editora: Paulinas
Preço: R$ 42,50

Veja também: A religião do mercado: Deus e a Mamona, de Anselmo Borges, Padre e professor de filosofia.
Nota: mamona: divindade fenícia protetora das riquezas. Foi este o sentido em que Jesus usou a palavra. Mamona aí, é tudo o que pode ser transformado em dinheiro ou proveito financeiro. Ing. Ricinus. Esp. Rícino. Fr. Ricin. It. Rícino. Al. Wunderbaum m

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s