À margem

Kombi
Outro dia
à margem do rio
eu vi a lua
bandeirante.

O horizonte escuro exibia um astro brilhante,
nosso satélite.

Enquanto assobiava o propulsor a ar
fabricado em 1970, me invadia uma certeza:

A lua que se mostrava pouco acima dos prédios
ainda é a melhor metáfora do nosso tempo.

Anúncios

Uma resposta para “À margem

  1. Sou un evadido.
    Logo que nasci…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s